Zoneamento Ambiental Produtivo

Imprimir

A Metodologia Mineira de Caracterização Socioeconômica e Ambiental de Sub-bacias Hidrográficas, denominada Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP), instituída pelo Decreto Estadual nº 46.650/2014, tem como objetivo disponibilizar uma base de dados e informações para subsidiar o aprimoramento da gestão ambiental por sub-bacia hidrográfica, que envolve a elaboração de planos, pactos e ações e a definição de indicadores para acompanhamento e avaliação.

Desenvolvida em parceria entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a metodologia ZAP, que está em sua 2ª edição, deverá proporcionar uma avaliação preliminar do potencial de adequação de uma sub-bacia, permitindo, assim, o uso adequado dos recursos ambientais sob a perspectiva do manejo conservacionista, bem como, simplificar e tornar ágil a gestão e o monitoramento do uso do solo, nas propriedades rurais e, simultaneamente, no conjunto de propriedades de determinada bacia hidrográfica.

O Zoneamento Ambiental Produtivo está diretamente relacionado à metodologia de Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas (ISA), elaborada para ser aplicada em propriedades agrícolas. Atualmente, o ZAP, o ISA e o Cadastro Ambiental Rural (CAR), se constituem como instrumentos essenciais para a construção de processos sustentáveis no cenário agrossilvopastoril.

A metodologia contém informações do meio natural e produtivo e consiste de três etapas, quais sejam: definição das unidades de paisagem, diagnóstico da disponibilidade hídrica da sub-bacia e levantamento do uso e ocupação do solo.

Os estudos produzidos deverão ser enviados para o Comitê Gestor do ZAP, que é responsável pela validação, sistematização e disponibilização para todo o estado de Minas Gerais.


METODOLOGIA

Para acessar a 2ª edição da metodologia, clique aqui.

Os tutoriais “passo a passo” de cada etapa da metodologia podem ser acessados aqui.

COMITÊ GESTOR

O Comitê Gestor do ZAP, de caráter deliberativo e consultivo, instituído pelo Decreto Estadual nº 46.650, de 19 de novembro de 2014, tem por finalidade, acompanhar, orientar, validar, sistematizar e disponibilizar os estudos do Zoneamento Ambiental Produtivo elaborados pelas diversas entidades envolvidas com o planejamento e gestão de bacias hidrográficas no estado de Minas Gerais.

Os estudos de ZAP deverão ser protocolados para validação do Comitê Gestor, considerando as diretrizes expostas na Deliberação nº 05, de 09 de agosto de 2017.

Para acessar o Regimento Interno do Comitê Gestor,  clique aqui.


Deliberações aprovadas:

 

  

ESTUDOS APROVADOS

 

ZAP do conjunto de sub-bacias do alto trecho do Rio Doce: 

 

ZAP do conjunto de sub-bacias do baixo trecho da bacia do Rio do Carmo:


ZAP da sub-bacia do Ribeirão Santa Juliana:


ZAP da sub-bacia do Ribeirão Ipanema:

 

ZAP da sub-bacia do Rio Gualaxo do Norte:

ZAP do conjunto de sub-bacias do rio Piranga

 

ZAP do conjunto de sub-bacias do rio do Peixe

 

ZAP da sub-bacia do rio Bagagem

 

ZAP da sub-bacia do rio Manso

 

ZAP do conjunto de sub-bacias do alto e médio rio Carmo

 

ZAP da sub-bacia do ribeirão Brejão

 

ZAP da sub-bacia do ribeirão Mandaguari

ZAP da sub-bacia do Ribeirão Santa Isabel

 

ZAP do conjunto de sub-bacias do entorno do Monumento Natural Estadual Serra da Piedade

 

 Os arquivos das bases de dados geoespaciais estão disponibilizados no formato shapefile. Além disso, para cada ZAP há um projeto com todos os arquivos devidamente categorizados.

 

CONTATO

Para mais informações sobre o Zoneamento Ambiental Produtivo, entre em contato com a Gerencia de Avaliação Ambiental e Desenvolvimento Territorial - GEAAD/FEAM pelos telefones (31) 3915-1766 ou  (31) 3915-1768.