Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Romeu Zema participa de cerimônia que marca um ano do rompimento da barragem em Brumadinho

PDFImprimirE-mail


Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG
Zema Brumadinho Interna 
Governador homenageou vítimas do rompimento da barragem da Vale ao lado dos familiares de quem se foi na tragédia

O governador Romeu Zema participou, neste sábado (25/1), em Brumadinho, na região metropolitana da capital, do lançamento da pedra fundamental do Memorial às Vítimas do Rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão. A cerimônia foi realizada pelo Governo do Estado de Minas Gerais em parceria com a Prefeitura Municipal de Brumadinho e a Associação dos Familiares de Vítimas do Rompimento da Barragem Mina Córrego Feijão Brumadinho (Avabrum), em homenagem às vítimas da tragédia, que completa um ano na data.


Zema falou sobre o trabalho incansável do Corpo de Bombeiros e das demais Forças de Segurança do Estado para localizar e identificar as vítimas fatais da tragédia, a interlocução com as famílias, as medidas legais para evitar novos rompimentos e as ações visando garantir que os danos sejam reparados pela Vale S.A, responsável pela barragem.


“Participamos deste ato extremamente importante para nós, porque queremos que esta tragédia da Vale, aqui em Brumadinho, seja a última ocorrência desta natureza no estado. A Assembleia Legislativa, há um ano, tomou prontamente as medidas necessárias para que a legislação fosse alterada e desse mais segurança no processo de mineração, o que já está acontecendo. O Ministério Público fez um trabalho importantíssimo de averiguação dos fatos, porque precisamos, sim, punir os culpados que causaram uma tragédia com um sofrimento tão grande”, afirmou o governador durante entrevista para a imprensa.


Zema ainda ressaltou que o trabalho do Corpo de Bombeiros irá permanecer no local para que todos os desaparecidos sejam encontrados. “A nossa prioridade ainda é humanitária. Nós ainda temos 11 joias, entes queridos que ainda não foram encontrados, e precisamos dar este conforto às famílias. Os bombeiros continuarão presentes aqui como estiveram desde o primeiro dia”, disse. Ao todo, foram encontrados e identificados 259 corpos, mas ainda há 11 pessoas desaparecidas. Os familiares, porém, contam como 272 vítimas, pois duas mulheres que perderam a vida também estavam grávidas.


Memorial


O Memorial é resultado de solicitação dos familiares das vítimas, representados pela Avabrum. Os projetos estão em elaboração e serão custeados pela Vale S.A. O memorial tem como proposta ser um espaço de reflexão, contemplação, respeito às vítimas e marco de uma lembrança para que essa tragédia nunca mais se repita.


“Eu deixei claro aqui, hoje, para a população, que a prioridade nossa em relação ao ressarcimento que a Vale fará é que tenhamos um memorial, onde vamos deixar claro que este tipo de fato é inadmissível e que sirva de lição para sempre. É só olharmos para os familiares para percebemos o tamanho da tragédia. Que sirva de lição e que Minas tenha um futuro muito diferente do que aconteceu. Que o dia 25 de janeiro de 2019 seja um divisor de águas na história do nosso estado”, finalizou o governador.


Kenya Lamounier Paiva, representante dos familiares e membro da Avabrum, afirmou que o espaço será importante para que a história da tragédia não caia no esquecimento. “Precisamos trazer para este local paz e serenidade. Contaremos todas as histórias de vida com respeito e orgulho. Memorial para dignidade é a forma que temos de homenagear os nossos, ele será um tributo à vida”, afirmou.


Homenagens


Romeu Zema foi homenageado pelos familiares e integrantes da Avabrum com uma placa em referência à atuação do Estado no município. Também foram agraciados os representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros – que foi aplaudido de pé pelos presentes na cerimônia em reconhecimento aos trabalhos desenvolvidos para o resgate das vítimas.


Ainda foram homenageados o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Agostinho Patrus; o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Nelson Missias; o procurador-geral do Ministério Público de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet; e o defensor público-geral do Estado, Gério Patrocínio. Além dos comandantes das Forças de Segurança do Estado, também participaram da cerimônia secretários de Estado, deputados estaduais e demais lideranças políticas, representantes de entidades e da comunidade.

Agência Minas

SEMAD|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades