Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Com apoio do Sisema, cidades do Sul de Minas ampliam a coleta Seletiva

PDFImprimirE-mail

 

Fruto de parceria entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e o Instituto de Gestão de Políticas Sociais (Gesois), o programa de ampliação da Coleta Seletiva nos municípios foi lançado nesta quinta-feira, 05/12, em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas Gerais. O lançamento da iniciativa contou com a presença da diretora de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos da Semad, Denise Bruschi, do prefeito do município, Walker Américo Oliveira, de representantes do Gesois e autoridades locais. No próximo sábado, 7/12, Nepomuceno também lançará a coleta seletiva.

 

coleta seletiva interna
Lançamento em São Sebastião do Paraíso ocorreu em um complexo esportivo da cidade

 

Nesta quinta-feira, em agenda oficial em Nepomuceno, o governador Romeu Zema, o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira e o subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento da Semad, Rodrigo Franco anunciaram o início das ações do programa na cidade a empresários e à prefeita da cidade, Iza Menezes.Em discurso aos presentes, o secretário Germano Vieira disse que a implantação da coleta seletiva nos municípios é uma iniciativa necessária e que viabiliza a Polícia Nacional e Estadual de Resíduos Sólidos. “Em especial no que se refere aos resíduos sólidos urbanos (RSU), é fundamental o bom desempenho da coleta seletiva, de modo a evitar a disposição final de materiais passíveis de reaproveitamento e reciclagem. Se fizerem o tratamento de orgânicos a economia poderá chegar a R$ 17 mil por mês”, explicou Vieira.

 

Gerente de projetos do Gesois, Raissa Bottecchia explicou que inicialmente foi realizado um diagnóstico sobre a disposição de resíduos sólidos em Nepomuceno e São Sebastião do Paraíso. Posteriormente foi elaborado um planejamento, expondo os potenciais e as fragilidades das duas cidades que serviu de base para elaborar o plano de ação a ser realizado nas cidades. Ainda conforme Raissa, a parceria com o Governo de Minas se mostra eficiente. “Todas as ações desenvolvidas visam a recuperação de materiais recicláveis, o tratamento de matéria orgânica, a redução da quantidade de resíduos aterrados, além da valorização e fortalecimento das associações de catadores dos municípios”, disse. Todas as atividades são coordenadas pela coordenadora do Gesois, Vera Lanza. 

O pensamento é compartilhado pelo subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento da Semad, Rodrigo Franco. Ele destaca como fator importante a valorização das associações de catadores. “Essa ampliação é importante para aumentar o volume de recicláveis e reduzir a quantidade de resíduos enviados ao aterro sanitário nos dois municípios. Além disso torna a gestão das associações mais efetivas”, comenta. 

A diretora de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos da Semad, Denise Bruschi também acredita que a coleta seletiva é um incentivo a mais ao cumprimento das Políticas Nacional e Estadual de Resíduos Sólidos. “No processo de treinamento da população, as pessoas passam a entender a responsabilidades como cidadãos até a disposição final dos rejeitos. Estamos estruturando soluções mais sólidas, inteligentes e perenes para a gestão dos resíduos sólidos urbanos que geramos diariamente. A receptividade da administração e da população de Nepomuceno e também de São Sebastião do Paraíso foi fundamental para que pudéssemos comemorar esse momento de êxito dos trabalhos realizados”, disse Denise.

nepomuceno

Governador Romeu Zema e o secretário Germano Viera reuniram-se com a prefeita de Nepomuceno durante agenda oficial 

 

O prefeito de São Sebastião do Paraíso, Walker Américo Oliveira comentou que com o programa ações já desenvolvidas na cidade de gerenciamento de resíduos sólidos serão fortalecidas. “O resultado é em qualidade de vida para a população. Estamos trabalhando para que as pessoas saibam que desfazer do lixo de forma errônea é um desperdício de dinheiro público”, ressaltou. A prefeita de Nepomuceno, Iza Menezes explicou que na cidade a coleta seletiva ocorria, mas apenas em alguns pontos. Ao assinar o termo de adesão com a Semad e o Gesois, o município conseguiu ampliar o serviço em todo o território. “A expectativa é que agora a gente intensifique a reciclagem. Já acabamos com o lixão da cidade e agora com o lançamento mostra que há uma preocupação do nosso governo e do Estado em dar a destinação adequada aos resíduos”, afirmou.

 

O programa

A ampliação da coleta seletiva chegará, inicialmente, a 19 cidades que assinaram o termo de apoio entre a Semad e o Gesois. Os municípios, que foram selecionados por meio de edital, foram Andradas, Arinos, Bocaiúva, Campo Florido, Cássia, Caxambu, Cláudio, Governador Valadares, Ipatinga, Itanhandu, Nepomuceno, Rio Piracicaba, Sacramento, São Lourenço, São Sebastião do Paraíso, São Tiago, Silvianópolis, Sobrália e Timóteo.

Simon Nascimento
Ascom / Sisema 

SEMAD|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades