Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Diálogos com o Sisema debate Preservação de área de APP

PDFImprimirE-mail

 

Fotos: Divulgação Semad

Diálogos com o Sisema 20 Dentro

Aberto ao Público em geral, o Programa Diálogos com o Sisema chega em Ubá para mais um debate com a sociedade

 

As funções ambientais que a legislação prevê para as Áreas de Preservação Permanente (APP), a importância da manutenção dessas áreas e os desafios para sua preservação foram debatidos nessa quarta-feira (23/10) na 14ª edição do “Diálogos com o Sisema”, realizada em Ubá, na Zona da Mata Mineira.

 

Áreas de APP são áreas cobertas ou não por vegetação, que têm a função de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade de uma determinada região, facilitando a preservação de espécies da fauna e da flora, protegendo o solo e assegurando o bem-estar das populações humanas.

 

Durante o evento, os participantes puderam ouvir as palestras da gestora ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Alexandra Figueira Monteiro, e do supervisor da Unidade Regional Mata do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Alberto Félix Iasbik.

 

Alexandra Figueira apresentou dados relacionados às áreas de APP, seu conceito e as funções ambientais que envolvem o assunto, além da legislação acerca do tema e os desafios para a preservação dessas áreas. “Os desafios para preservar essas áreas estão diretamente ligados à necessidade de cumprimento da legislação e à garantia das funções ambientais da APP, que perpassam por fatores econômicos e sociais, além da necessidade do desenvolvimento de ações compartilhadas entre Estados, municípios e proprietários de imóveis que possuem áreas de APP”, frisou Alexandra. 

 

Diálogos com o Sisema 9 Dentro

Alguns exemplos de projetos de recuperação e preservação foram apresentadas durante encontro

 

Alberto Iasbik abordou as oportunidades da preservação dessas áreas e as iniciativas já aplicadas no estado e na região e falou de alguns programas e projetos desenvolvidos pelo IEF como, por exemplo, o Bolsa Verde e o Programa de Regularização Ambiental (PRA), que se encontra em regulamentação no Estado. Alguns métodos de recomposição de APPs como a condução da regeneração natural de espécies nativas; o plantio de espécies nativas aliado à regeneração; a implantação e sistemas agroflorestais em até 50% da área a ser recomposta e o plantio de espécies lenhosas, perenes ou de ciclo longo, utilizando nativas e exóticas (até 50% da área) foram citados pelo supervisor regional.

 

Ele também deu exemplos de sucesso onde importantes áreas foram restauradas.  Um dos exemplos apresentado foi o Projeto Conexão Mata Atlântica”, que direciona recursos para a recuperação e preservação dos serviços de clima e de biodiversidade na Mata Atlântica na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, na Zona da Mata mineira. O trabalho investe na capacitação de produtores rurais, por meio de palestras e dias de campo, buscando envolve-los em projetos agrícolas sustentáveis. O IEF coordena as ações em Minas Gerais e também oferece mudas e insumos. O trabalho possui financiamento do Global Environment Facility (GEF) e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

“Essas reuniões são muito importantes pois aproximam o órgão ambiental do produtor e é uma oportunidade para mostrarmos para a sociedade o que estamos desenvolvendo. Nesses últimos quatro anos, temos feito esse trabalho de aproximação com consultores da Zona da Mata e essa reunião veio agregar e engrandecer o trabalho que tem sido feito no nosso dia a dia”, frisou Alberto.

 

DIÁLOGOS COM O SISEMA

 

O Programa “Diálogos com o SISEMA” foi criado em 2017 por meio da Resolução nº 2.565 e é coordenador pela Assessoria de Educação Ambiental e Relações Institucionais (Assea) da Semad. Por meio do Programa são realizadas reuniões periódicas, abertas ao público em geral, para a apresentação e discussão de temas ambientais que sejam de interesse comum da população.

 

A iniciativa busca promover a discussão e reflexão acerca de temas ambientais, além de incentivar a participação da sociedade na preservação do meio ambiente, como exercício de cidadania.

 

Em 2019, o Programa está percorrendo o Estado de Minas Gerais nos municípios onde estão sediadas as Superintendências Regionais de Meio Ambiente (Suprams), abordando temas relevantes e de interesse de cada região.

Para conferir o calendário completo de atividades e mais informações sobre o Programa, acesse o LINK

 

Ascom/Sisema

 

 

 

SEMAD|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades