Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Semad participa de simulado de emergência ambiental em Mariana

PDFImprimirE-mail

 

Foto: Divulgação Semad

Simulado Dentro

Simulado de Emergência Ambiental em Mariana preparou órgãos e população para uma evantual situação de emergência ambiental 

 

A Diretoria de Prevenção e Emergência Ambiental (DEAMB) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) participou neste sábado, 21 de setembro, de um simulado de emergência ambiental nas proximidades da Barragem Germano, em Mariana, Região Central de Minas. A ação envolveu cerca de 250 moradores, que foram orientados sobre as normas previstas no Plano de Ação de Emergência das Barragens de Mineração (PAEMB).

 

Organizado pela Defesa Civil de Mariana, o simulado contou com a parceira da Samarco, da Prefeitura de Mariana, da Polícia Militar (PM), da Defesa Civil Estadual (Cedec), do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), além da Semad. Participaram da atividade pessoas dos distritos de Camargos, Ponte do Gama, Paracatu de Cima, Paracatu de Baixo, Pedras, Borba e Campinas.

 

O planejamento e realização do simulado contaram com a participação de pessoas das comunidades, das secretarias municipais de Mariana, além de moradores integrantes dos Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC), formados por grupos de pessoas voluntárias que têm como objetivo identificar e minimizar os riscos no ambiente, no caso de um eventual desastre, até a chegada dos órgãos públicos.

 

De acordo com a empresa Samarco, na última semana, foram realizadas também ações prévias para explicar para as comunidades como o exercício seria feito e qual a importância da participação de todos.

 

A Semad participou do simulado desde a fase de planejamento, iniciada em junho de 2019. Na ocasião, foi realizado um simulado de mesa do Plano de Apoio ao Gerenciamento de Crise. O simulado de mesa representa uma emergência e visa preparar a empresa e os órgãos públicos para uma situação real. Um simulado de mesa preparatório também foi realizado uma semana antes do evento dando subsídio para a organização logística e a realização do treinamento preparatório.

 

O analista ambiental da Deamb, Antônio Carlos Rosa, participou da uma reunião inicial no dia 20 de setembro para organizar a estratégia de conduta do simulado. Foi realizada também uma missão de reconhecimento do território, no distrito de Ponte do Gama, uma das áreas onde seria realizado o simulado. 

 

Durante a atividade, o analista participou enquanto observador e avaliador. “Ao avaliar o simulado é possível verificar toda a dinâmica do exercício e, posteriormente, em uma análise conjunta com as comunidades que estão dentro da mancha de inundação, a empresa e órgãos públicos podem aprimorar as dificuldades apresentadas durante o evento. Isso tudo para que, em um caso real, os agentes envolvidos tenham uma melhor performance de resposta a uma emergência ambiental”, afirmou Antônio Carlos. Ele destacou ainda que o simulado tem a função de testar a atuação integrada e articulada dos órgãos públicos envolvidos nesse tipo de atividade.

 

Durante todo o dia também foi oferecido aos moradores atendimento de saúde e vacinação antirrábica para cães e gatos. Os animais de grande porte foram cadastrados para que recebam, posteriormente, atendimento pela Secretaria Municipal de Agricultura.

 

Milene Duque
Ascom/Sisema

SEMAD|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades