Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Workshop de Fiscalização Ambiental Preventiva chega à capital mineira

PDFImprimirE-mail

 

Belo Horizonte e Divinópolis são as próximas cidades mineiras a receberem o Programa de Fiscalização Ambiental Preventiva na Indústria (Fapi). A ação é uma iniciativa do Governo de Minas que visa orientar os empreendedores sobre a regularização ambiental. O workshop da capital mineira vai acontecer na próxima segunda-feira, 28 de maio, na sede da Fiemg (Av. do Contorno, 4.456, Bairro Santa Efigênia). Em Divinópolis, o Workshop acontece na terça-feira, 29 de maio, na unidade regional da Fiemg (Rua Engenheiro Benjamim de Oliveira, 144, Bairro Esplanada). Ambos têm início às 9h.

O Fapi é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). Neste ano, o programa traz uma novidade, sendo executado de forma setorial, contemplando as indústrias de ferro gusa, laticínios, rochas ornamentais e extração de areia, cascalho, argila e brita.

A capacitação da capital mineira será ministrada pelo subsecretário de Fiscalização Ambiental da Semad, Cláudio Vieira Castro, pela diretora de regularização da Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram) Central Metropolitana, Liana Notari, e pelo gerente de Meio Ambiente da Fiemg, Wagner Soares.

Já o curso de Divinópolis ficará a cargo do superintendente de Estratégia de Fiscalização Ambiental da Semad, Flávio Aquino, do analista ambiental da Gerência de Meio Ambiente da Fiemg, Adriel Andrade Palhares, e do Superintendente de Regularização Ambiental da Supram Alto São Francisco, Guilherme Santos.

O superintendente Flávio Aquino chama a atenção para a relevância do Fapi como ação de Governo. “Esta é uma iniciativa importante e inovadora, uma vez que atua de maneira orientativa e dá oportunidade para que os empreendedores façam a adequação de seus processos antes da ação de fiscalização”, ressalta. Ele diz ainda que quando o trabalho preventivo é feito, a tendência é que o índice de irregularidade caia consideravelmente. “E isso se traduz em números. Das 1.219 empresas que foram fiscalizadas no ano passado, no âmbito do programa, em menos de 1% foram constadas inconformidades”, afirmou.

Dividido em três etapas, o Fapi irá ocorrer durante todo o ano de 2018. Nesse primeiro momento está ocorrendo a fase de orientação, com a realização dos workshops. Após a finalização das capacitações começa a etapa de fiscalização preventiva, que se inicia no dia 16 de julho. O programa termina com o monitoramento dos resultados.

O Fapi será realizado em 12 regionais de Minas Gerais, ao longo do ano. As atividades começaram em abril e até o momento oito cidades do Estado já receberam os encontros: Araxá, Patos de Minas, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Ipatinga e Governador Valadares, Itaobim e Montes Claros. Após a conclusão dos workshops de Belo Horizonte e Divinópolis o Fapi segue para Uberlândia (05/06) e Ituiutaba (06/06).

Para saber como se inscrever acesse o site: http://www.fiemg.com.br/fapi/

 

Serviço:

 

Workshop de Fiscalização Ambiental Preventiva (Fapi)

 

Belo Horizonte
Data: 28 de maio
Horário: 9h
Local: Fiemg – Av. do Contorno, 4456, Bairro Santa Efigênia

Divinópolis

Data: 29 de maio
Horário: 9h
Local: Fiemg Regional – Rua Engenheiro Benjamim de Oliveira, 144, Bairro Esplanada

Janice Drumond
Ascom/Sisema

SEMAD|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades