Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Sisema garante continuidade de ações ambientais por meio de gestão remota

PDFImprimirE-mail


Fotos: Divulgação/Semad e Reprodução/Videconferência
Semad Tele2
Secretário Germano Vieira reunido por videoconferência com os dirigentes do Sisema

Unindo criatividade, tecnologia e empenho de todos os servidores, o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) mantém a constância de suas ações ambientais em todo o Estado. Desde segunda-feira (23/03), quando foi decretado o regime de teletrabalho para todo o funcionalismo público de Minas Gerais, dirigentes dos quatro órgãos ambientais que integram o Sisema e demais equipes técnicas vêm realizando reuniões periódicas por meio de videoconferências e demais suportes de comunicação à distância com o objetivo de alinhar demandas e garantir a continuidade de projetos estratégicos.


Muitos desses “encontros virtuais” incluem atores externos de órgãos que têm vinculação com a pauta ambiental, como outras secretarias de Estado e Ministério Público. Todo o esforço está sendo feito para que os serviços ao cidadão sejam mantidos, bem como as ações de preservação ambiental e desenvolvimento sustentável.


SEMAD


Na Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) foi intensa a rotina de reuniões por videoconferência e atividades remotas. Foram reuniões com todos os dirigentes do Sisema, entre as equipes técnicas das quatro subsecretarias e também com atores externos. Na agenda do chefe da pasta, secretário Germano Vieira, houve tratativas sobre a implantação do Centro de Inteligência em Monitoramento de Barragem, o Programa de Concessão de Unidades de Conservação, e sobre o Programa de Eficiência Ambiental (PEA), que visa à redução do passivo nos processos de licenciamento, outorga e intervenção ambiental, entre outras metas. O secretário também se reuniu com o Ministério Público, com o Sindsema, além do próprio secretariado e do governador Romeu Zema.


“Não só Minas Gerais, mas todo o mundo está diante de uma pandemia sem precedente, em que muitos esforços estão sendo empreendidos para resguardar a saúde e a vida das pessoas. O governo reconhece o sacrifício vivido por todos e que as medidas de quarentena geram impactos humanos e econômicos de grande magnitude. Diante disso, tem empreendido esforços em todas as suas secretarias para amenizar os impactos sociais, de saúde pública e também na economia”, afirma Germano. O secretário lembrou ainda que todas as ações do Sisema têm sido feitas dentro dos mais elevados preceitos da legalidade, com as melhores práticas jurídicas e com transparência.


IEF


No Instituto Estadual de Florestas (IEF) uma série de reuniões com a participação do diretor-geral do Instituto, Antônio Malard, e gestores das 14 Unidades Regionais de Florestas e Biodiversidade (URFBio) do IEF no Estado foram realizadas ao longo da semana. Durante os encontros foram repassadas informações e esclarecidas dúvidas dos servidores relacionadas às orientações do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19, formado para definir ações de prevenção e combate ao coronavírus em órgãos e entidades da administração estadual.


IEF TELE
Diretor-geral do IEF, Antônio Malard, discute os temas importantes para o andamento das atividades normais do órgão

O Decreto Estadual 47.892/2020, publicado na última terça-feira (24/3) no Diário Oficial do Estado, que estabelece a reestruturação orgânica de competências do IEF, foi também abordado e discutido pelos participantes. “Buscamos em nossas reuniões oferecer aos servidores um espaço para manifestar suas dúvidas e questionamentos. A saúde vem sempre em primeiro lugar, mas cabe a nós, gestores, dar continuidade aos processos considerados estratégicos e essenciais à gestão ambiental de Minas Gerais”, ressaltou Malard.


As reuniões foram realizadas por videoconferência e contaram com a participação de mais de 400 servidores, no total. Na quarta-feira, o diretor-geral do IEF esteve com as equipes das URFBio Jequitinhonha, Alto Médio São Francisco, Alto Paranaíba, Centro-Norte, Centro-Oeste, Centro-Sul e Nordeste e, na quinta-feira (26/3), foi a vez das URFBio Noroeste, Norte, Sul, Triângulo e Rio Doce. O cronograma de encontros virtuais se encerrou nesta sexta-feira (27/3), quando foram ouvidas as URFBios Metropolitana e Mata, além de servidores que atuam na sede do IEF, na Cidade Administrativa.


FEAM


Na Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), as reuniões entre os diretores e a presidência estão ocorrendo diariamente. “Repassamos as principais demandas junto aos diretores que, em seguida, realizam encontros gerenciais com cada área ao longo da semana”, explica o presidente da Feam, Renato Brandão.

Feam Tele

Presidente da Feam, Renato Brandão, reunido por videoconferência com servidores da fundação

“Temos feito grandes esforços para manutenção da normalidade dos trabalhos, deixando de executar apenas aquelas atividades que envolvem riscos para os servidores”, acrescenta o presidente da Fundação. Ainda segundo Brandão, uma das prioridades do órgão durante o período de trabalho remoto será o atendimento às demandas do Comitê Pró-Brumadinho e Pró-Rio Doce, grupos formados pelo Governo de Minas com o objetivo de planejar, coordenar e executar ações, em âmbito estadual, nos municípios afetados pelo rompimento das barragens da Samarco, em Mariana, e da Vale, em Brumadinho. Durante o teletrabalho, o objetivo da Fundação é garantir o alinhamento entre planejamento e as metas propostas para o ano.


IGAM


O Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) segue também concentrando esforços para garantir a continuidade de suas principais ações. Na segunda-feira (23/3), a diretora-geral do Instituto, Marília Melo, esteve reunida, por videoconferência, com os coordenadores das nove Unidades Regionais de Gestão das Águas (Urgas) do Estado. As reuniões contaram com a participação de todos os servidores de cada regional. Encontros com gerências e diretorias do Instituto foram realizados separadamente na terça-feira (24/3).

Igam Tele

Diretora-geral do Igam, Marília Melo em reunião com os servidores da casa

De acordo com a diretora-geral, as reuniões gerenciais e com equipes do interior estão sendo realizadas semanalmente, com acompanhamento do relatório de produtividade da análise dos processos de outorga.


Marília destaca como prioritários, dentre as atividades mantidas pelo Instituto, o projeto Somos Todos Água, programa estratégico de revitalização de bacias hidrográficas do Estado e a manutenção dos relatórios de indicadores de governança e gestão das águas, Progestão e processos de outorga. “Além dos assuntos técnicos de rotina, abordamos também a questão da importância quanto aos cuidados para prevenção ao contágio do Covid-19 e formas de se manter motivado durante o teletrabalho. Repassamos também orientações sobre as novas dinâmicas necessárias ao regime de teletrabalho, como protocolos via SEI [Sistema Eletrônico de Informações], rodízio para envio de correspondências, entre outros assuntos”, completou a diretora-geral.


Todos os quatro órgãos ambientais que integram o Sisema seguirão em regime de teletrabalho enquanto for mantida a determinação do governo estadual, mantendo atividades essenciais e desenvolvendo suas ações de modo remoto para garantir a eficiência dos serviços prestados ao cidadão e uma gestão ambiental cada vez mais plural e participativa em Minas Gerais.


Edwaldo Cabidelli
Ascom/Sisema

SEMAD|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades